New OldSchool vs Prodígios

23ª SuperLiga Fut8 MasterFoot CIF Domingo - Campeonato CIF Domingo - 7ª Jornada 16 de setembro de 2018
  • New OldSchool Prodígios
    1-9
    • 20:00
    • CIF campo 1

Reportagem

Após a pausa da verão, a bola voltou a rolar nos relvados e o espetáculo voltou a marcar presença na SuperLiga Masterfoot. A formação da NOS procurou desde cedo, dominar o jogo e chegar à vantagem no marcador, sendo uma equipa predominantemente ofensiva e opressiva, tentantando tirar partida da vantagem numérica dentro de campo, uma vez que o seu adversário iniciou o desafio com menos dois jogadores.

De forma sábia, os campeões em título souberam fechar bem os caminhos para sua baliza, mantendo as suas linhas baixas e procurando sair em rápidos contra ataques, colocando as bolas nas costas do adversário, para a velocidade dos seus avançados. Aos longo do primeiros 10 minutos, a NOS dominou por completo o desafio mas pouco ou nada conseguiu importunar o guarda-redes adversário. Os “all blacks” acabaram por revelar a sua classe e aos 8 minutos adiantarm-se no maracdor, fruto de uma assistência de Hugo Santos à entrada da área para Éder que rematou mais em jeito do que em força e de forma cruzada, colocando o esférico no fundo da baliza. Já com todos os elementos em campo e na máxima força, os  Prodígios começaram a carburar, com o médio Éder a revelar-se estar numa noite brilhante. Aos 12 minutos dilatou a vantagem para sua equipa, com uma jogada individual de enorme talento e classe. Ultrapassando tudo e todos que se cruzaram à sua frente, desferiu um belo remate à entrada da área, no qual não qualquer hipótese de defesa. Ainda mal tinha passado um minuto após o 2º golo sofrido, a turma da NOS foi “atropelada” por um contra ataque venenoso, no qual Fagner assistiu Éder que não perdoou e assinou o seu hat trick na partida. Foram momentos de total desnorte por parte do coletivo da NOS que viria a sofrer o 4º golo no minuto, após mais um minutos de jogo, com Hugo Santos a colocar o seu nome na lista dos marcadores. A partida caminhava a passos largos para o intervalo qeu surgiu a primeira grande oportunidade para golo para o coletivo da NOS, na cobrança de um livre direto de Gaspar, com o esférico a passar por cima da barreira e levando o selo de golo, obrigou o guarda redes Campaniço a aplicar-se a fundo, conseguindo interceptar o esférico junto ao poste, numa defesa apertada e muito dificil. Mas antes do intervalo, os Prodigios acabariam por marcar mais por uma vez, com Daniel Brasil a levar a sua equipa para os balnerários com vantagem de 5 a 0.

Para o 2º tempo, a história do jogo manteve-se com o dominio a pertencer por completo aos Prodigios que souberam espalhar a sua classe e maior qualidade futebolistica sobre o adversário, cabando por vencer por 9 a 1, tendo em Éder Bonfim a sua figura de destaque por aquilo que jogou e fez jogar, assim como pelos golos que apontou.

Confrontos

New OldSchool Prodígios
6 JOGOS 6
0 VITÓRIAS 6
6 DERROTAS 0
0 EMPATES 0
5 GOLOS MARCADOS 34
34 GOLOS SOFRIDOS 5
Histórico de confrontos

Histórico de confrontos

Torneio Data Resultado Golos
22ª SuperLiga MasterFoot CIF Domingo 2017-12-17 Vitória Prodígios 8-1
21ª SuperLiga MasterFoot CIF Domingo 2017-06-04 Vitória Prodígios 1-7
21ª SuperLiga MasterFoot CIF Domingo 2017-03-12 Vitória Prodígios 3-2
20ª SuperLiga MasterFoot CIF Domingo 2017-01-22 Vitória Prodígios 5-1
19ª SuperLiga MasterFoot CIF Domingo 2016-10-09 Vitória Prodígios 6-0
19ª SuperLiga MasterFoot CIF Domingo 2016-05-22 Vitória Prodígios 0-5