ReCollateral vs B.R. United

Liga Futebol 7 BNP Paribas 2019 - Grupo B - 7ª Jornada 15 de maio de 2019
  • ReCollateral B.R. United
    3-11
    • 20:00
    • Pedro Arrupe-Campo 1

Reportagem

E nesta Quarta-Feira 15 de Maio, tiveram lugar os últimos encontros no Grupo B, antes de se passar à Fase Final. A começar às 20:00, partida entre os ReCollateral, de azul, e os B.R. United, equipados de vermelho.

Os ReCollateral, uma vez mais, a começarem em desvantagem, já que começaram a partida somente com 6 elementos. Ainda assim, contra todo prognóstico, começaram a ganhar o jogo, marcando no minuto 2: desconcentração defensiva dos “vermelhos”, aproveitando Leonardo Marques para marcar o 1-0, num ataque rápido finalizado com classe. Na reposição no meio-campo, no minuto 3, os B.R. United construíram um ataque supersónico surgindo um remate ao poste, com o ressalto a ficar para Luís André Pereira que rematou de primeira com a bola a entrar mesmo na “gaveta”, no ângulo superior direito, fazendo assim o 1-1. Pouco depois, no minuto 5, mais um golo para os “reds”: jogada pelo lado direito, com a bola a ser passada para o lado esquerdo, onde se encontrava André Seleiro que ajeitou para o pé esquerdo e rematou para o fundo das redes, fazendo o 1-2. Os ReCollateral reagiram muito bem, e no minuto 10 fizeram o empate: mais uma desconcentração defensiva, num pontapé de baliza que bateu nas costas de um defesa “vermelho”, com a bola a ficar dentro da área para Rúben Gonçalves encostar para golo, fazendo o 2-2. No minuto 13, novo golo para os B.R. United: pontapé de canto batido do lado direito para o interior da área, e André Seleiro a receber de costas, a aguentar a carga de um defesa rival, conseguindo enquadrar-se para a baliza e a rematar rasteiro para golo, bisando no jogo e fazendo o 2-3. Logo a seguir, no minuto 16, mais um golo a favor dos “vermelhos”: jogada pelo centro com passe para o lado direito, onde Ricardo Pires, já na linha da grande área adversária, chutou rasteiro para golo, com a bola a entrar “pegada” ao poste direito, fazendo o 2-4. Mas os “blues” não se rendiam, e antes do intervalo, no minuto 16, conseguiram reduzir a desvantagem: bom passe dos “azuis” ainda antes da linha do meio-campo para a zona avançada, onde João Vilas se tinha desmarcado de forma inteligente, e na saída do guarda-redes rival chutou rasteiro para golo, fazendo o 3-4.

Na 2ª Parte, os B.R. United aumentaram a vantagem novamente, no minuto 29: jogada pelo lado esquerdo com passe para a zona direita, e no vértice da área rival Ahmed Bouzouita a chutar com a parte interna do pé, com a bola a ir rasteira à baliza e a entrar “colada” ao poste direito, fazendo o 3-5. No minuto 36, novo golo a favor dos “reds”: desatenção defensiva dos “azuis”, permitindo o roubo de bola numa zona delicada, com a bola a ser passada rapidamente para o interior da área, onde André Seleiro estava sozinho, rematando rasteiro para golo, completando o seu “hattrick”, e fazendo o 3-6. Logo a seguir, no minuto 38, mais um golo para os “vermelhos”: passe do meio-campo para o interior da área rival, onde André Seleiro novamente dominou a bola, e na saída do guarda-redes adversário foi capaz de fintá-lo, ficando com a baliza vazia para fazer o seu “poker”, estabelecendo o 3-7. No minuto 42, novo golo a favor dos B.R. United: jogada combinativa desde a defesa “vermelha”, passando pelo meio-campo e chegando até ao interior da área rival, onde André Seleiro marcou um golo estético de “calcanhar”, num excelente gesto técnico, completando a sua “manita” e fazendo o 3-8. No minuto 48, mais um golo para os “vermelhos”: pontapé de canto do lado direito marcado por André Seleiro com o pé esquerdo, e dentro da área João Paulico a fazer um pontapé de bicicleta…e a marcar um grande golo! Estava feito o 3-9. No minuto 50, novo golo para os B.R. United: jogada rápida de ataque com a bola a ser passada para Rui Travassos, que totalmente sozinho também fez o gosto “ao pé”, marcando o 3-10. E finalmente, no minuto 51, último golo na partida a favor dos “reds”: recuperação de bola no meio-campo, e Ricardo Pires já na zona ofensiva a rematar para golo, bisando no jogo e estabelecendo o 3-11 final.

Resultado esperado. Na 1º Parte, os ReCollateral deram uma enorme réplica, dando muita luta aos B.R. United, indo para o intervalo a perder pela mínima. No entanto, na 2ª Parte, as pernas começaram a faltar, pelo que tiveram uma grande quebra física, aproveitando os “reds”, com mais jogadores em campo e suplentes, para golear.

Com este resultado, no Grupo B, os ReCollateral não foram capazes de conquistar qualquer ponto ao longo desta Liga, ficando em 8º lugar, com 0 pontos. Por seu lado, os B.R. United acabam em 2º lugar, com 16 pontos, e passam à Fase Final.

Confrontos

ReCollateral B.R. United
1 JOGOS 1
0 VITÓRIAS 1
1 DERROTAS 0
0 EMPATES 0
3 GOLOS MARCADOS 11
11 GOLOS SOFRIDOS 3
Histórico de confrontos

Histórico de confrontos

Torneio Data Resultado Golos
Liga Futebol 7 BNP Paribas 2019 2019-05-15 Vitória B.R. United 3-11