Amazónia Hoteis vs Belenenses Vintage

SuperLiga Corporate Fut 7 MasterFoot/Make-A-Wish 2019/2020 - Estádio da Luz - Silver League - 2ª Jornada - Silver League 13 de fevereiro de 2020
  • Amazónia Hoteis Belenenses Vintage
    7-5
    • 22:30
    • Estádio da Luz - C1

Reportagem

Mais uma jornada a ser cumprida, mais um confronto de titãs desta Silver League da Superliga Corporate MasterFoot/Make-a-Wish 2019/2020, com a Amazónia Hotéis a trocar forças com o Belenenses Vintage, numa partida que prometia alguns golos e muita emoção.

Com as defesas bem concisas neste início de encontro, sem dar muitos espaços para um ataque organizado. Como tal, Gonçalo Maça, de muito longe, obrigou Pedro "Guelras" Alves a esticar-se para evitar que o esférico entrasse na sua baliza. Do outro lado, através de uma bola parada, enviou o esférico em direção à barra. Que bonito golo que seria se esta tentativa tivesse entrado. O golo acabou mesmo por aparecer, no entanto, do outro lado campo, numa tentativa onde Tiago Pacheco, ao observar o guarda-redes adiantado, tentou a sua sorte e levou a bola a entrar pelo ângulo superior. O que parecia um passe longo que acabou por enganar o guarda-redes, inaugurou o marcador no jogo. O pontapé de Ricardo Magalhães estava certeiro, no entanto, não no alvo certo, pois rematou de novo contra o travessão adversário. A Amazónia Hotéis era mais eficaz e, ao minuto 9', chegava mesmo ao 2-0 quando David Dias tentou de primeira, à entrada de área, o remate que entrou junto ao poste no objetivo. Ao a Amazónia Hotéis ampliarem a vantagem, o Belenenses Vintage conseguiu ganhar uma oportunidade máxima após uma infração por parte dos adversários na própria área. Ricardo Magalhães concentrou-se e concretizou a grande penalidade para o lado contrário ao do guarda-redes. De modo a não darem esperanças aos adversários de moralizarem após o golo marcado, Tomás Melo consegue responder a um passe de Patrick Vieira da melhor maneira, com uma excelente finalização, depois de ter ultrapassado um adversário com um bom pormenor, alterando o resultado para 3-1 antes do apito para o descanso. 

Vinham revitalizados do intervalo, o Belenenses Vintage, pois Nuno Domingues conseguiu reduzir a desvantagem nos minutos iniciais sem dar chances de defesa ao guarda-redes adversário com um remate preciso. Porém, deixaram-se novamente colapsar pois Patrick Vieira aproveitou da melhor maneira os espaços oferecidos na linha lateral para efetuar um remate que entrou junto ao poste. O guarda-redes da Amazónia Hotéis foi testado num remate de longa distância de Ricardo Magalhães, que entraria junto ao ferro se não fosse o excelente voo de João Ramalho a proporcionar uma bela defesa. Não conseguiu evitar o golo de Tiago Pereira no lance seguinte, que enviou o esférico para o fundo das redes com um remate mortífero, que colocava de novo o resultado com um golo de diferença entre cada conjunto. Mas quando o Belenenses Vintage marcava, a Amazónia Hotéis unia forças e, num lance caricato, momentos depois, aconteceu mesmo um auto-golo. Aumentavam a vantagem para 5-3 perto da reta final. Reforçaram essa vantagem com mais um golo de Tomás, que bisava no encontro, desta vez com uma tentativa de fora de área que entrou no canto inferior do alvo. Quando tudo parecia perdido para o Belenenses Vintage, concentraram-se, organizaram e, rapidamente, transformaram o contador em 6-5: o quarto golo foi da autoria de Ricardo Magalhães, que aproveitou mais um pênalti para chegar ao segundo golo nas contas pessoais; depois de marcar, Ricardo Magalhães executou um canto da melhor maneira, em direção à cabeça de Pessoa, que não hesitou em enviar o esférico para a "gaveta". Com a diferença no contador apenas pela margem mínima, no Belenenses Vintage apressavam-se e posicionavam-se muito no meio-campo adversário, de modo a tentar igualar o resultado. No entanto, a Amazónia Hotéis aproveitou alguns espaços dados pelos adversários para colocar o ponto final no encontro, através de uma bela jogada entre Patrick Vieira e Tomás, com o último a desviar do guarda-redes e, consequentemente, chegar ao hat-trick no encontro. Selou, desta forma, a partida com o 7-5 no resultado. 

Apesar da forte contestação da vitória por parte do Belenenses Vintage, a Amazónia Hotéis manteve-se segura perante as oportunidades dos seus adversários, o que, combinado com a sua assertividade no momento de finalizar, lhes valeu os 3 pontos.

Confrontos

Amazónia Hoteis Belenenses Vintage
3 JOGOS 3
3 VITÓRIAS 0
0 DERROTAS 3
0 EMPATES 0
18 GOLOS MARCADOS 14
14 GOLOS SOFRIDOS 18
Histórico de confrontos

Histórico de confrontos

Torneio Data Resultado Golos
SuperLiga Corporate Fut 7 MasterFoot/Make-A-Wish 2019/2020 2020-02-13 Vitória Amazónia Hoteis 7-5
SuperLiga Corporate Fut 7 MasterFoot/Make-A-Wish 2019/2020 2019-10-24 Vitória Amazónia Hoteis 5-4
SuperLiga Corporate MasterFoot/Make-A-Wish 2018/2019 2019-01-17 Vitória Amazónia Hoteis 6-5