Masterfoot

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter...



Estatísticas

Contador Anual

812 jogos 8070 golos

Globais

21001 jogos 144426 golos 20624 jogadores 366 competições 943 torneios

23ªSFMCS

26 jogos 170 golos 91 jogadores 2 torneios

CCS

26 jogos 170 golos 91 jogadores

La Masia vs NL Family Team

Fc-barcelona-opening-ceremony-la-masia-live VS Img-20140118-wa0002

Detalhes do jogo

Competição: 23ª SuperLiga Fut8 MasterFoot CIF Semana
Torneio: Campeonato CIF Semana
Jornada: 3ª Jornada
Data: 2018-05-21
Hora: 21:00
Local: CIF campo 2

Resultado

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Resultado
Fc-barcelona-opening-ceremony-la-masia-live
1
 
2
Img-20140118-wa0002
 
Marcadores
Vitor Silva 43"
 
 
 
 
Jorge Alves 12"
Carlos Lopes 16"
 

Reportagem

Neste encontro a contar para 3ª jornada, a NL Family entrava em campo com uma grande vontade de alcançar a sua primeira vitória na prova. Diante de um adversário complicado e com muitos argumentos fortes e válidos no capitulo ofensivo, o conjunto não detinha uam tarefa nada fácil pela sua frente. Mas foi um inicio prometedor aquele que o coletivo da Family Team demonstrou logo nos primeiros minutos, revelando um futebol ofensivo e dominador, assente numa rápida circulação do esférico e na dinâmica dos seus atacantes. Este propensão atacante do coletivo grenat causou enormes preocupações e cautelas defensivas à formação dos La Masia, que se mostravam muito contidos na sua zona defensiva.

A 1ª situação de grande perigo surgiu para o coletivo da Family Team quando o todo terreno Bruno Dias descobriu o seu colega Nuno Luis dentro da área e com um passe magistral colocou-o na cara do guarda-redes, com este a realizar um defesa extraordinária, negando p 1º golo da partida ao médio grenat.
Com o decorrer do tempo a formação da NL Family Team acentuava cada vez mais o seu dominio e caudal ofensivo perante um adversário que não possuia a capacidade para sacudir a pressão e equilibrar o jogo a meio campo. Por isso não foi de admirar que aos 12 minutos o marcador fosse inaugurado. Tudo nasceu de um cruzamento de "Antchouet" para o 2º poste, onde Nuno Centeio teve uma ação preponderante, revelando muita classe na forma como amoerteceu o esférico e endossou para por Jorge Alves finalizar para o fundo das redes. Tentou esboçar uma reação ao golo sofrid o através de um futebol mais direto mas o coletivo dos La Masia não estava com inspiração e qualidade para causar equilibrios na equipa adversária.

Por isso não foi de estranhar que aos 16 minutos a vantagem fosse ampliada para 2 a 0 por Carlos Lopes num remate forte de meia distância que ainda embateu nas pernas de um adversário e assim atraiçoou o guarda-redes.
A perder, os La Masia revelavam nesta 1ª parte uma grande incapacidade de sacudir e conter a pressão a que vinham sendo sujeitos, mostrando-se muito amorfa de ideias e dinâmismo coletivo sempre qeu tentavam partir para o ataque. Apenas por uma vez conseguiram causar algum perigo e foi num ataque fugaz no qual o guarda-redes da turma grenat não conseguiu suster um remate de fora da área e na recarga o avançado "blanco" rematou ao poste, ficando à beira do golo. 

Para a 2ª parte, a turma dos La Masia entraram no jogo com um registo completamente diferente do que havia sido nos primeiros 25 minutos e foram à procura de dar a volta à desvantagem de dois golos que no marcador. O mote foi dado logos nos minutos iniciais com João Ramos a rematar muito forte e colocado junto ao poste para uma defesa de enorme gabarito por parte de Mário Jorge qeu voou para o lance e com uma sublime palmada desviou o esférico do golo. Lance de enorme espetacularidade com os jogadores dos La Masia a colocarem as mãos na cabeça perante a defesa de outro mundo que negou o golo. Este lance impulsionou a turma "blanca" para o ataque, conseguindo empurrar o adversário para junto da sua área- O golo esteve bem próximo de surgir após uma bela triangulação à entrada da área com a bola a sair a escassos centimetros ao lado do poste. O cerco à baliza da NL Family Team era cada vez masi apertado e o perigo cada vez maior e constante. Por isso não foi de estranhar que aos 43 minutos a desvantagem fosse reduzida. Foi na sequência de um livre cobrado com um pontapé forte no qual o guarda redes teve uma defesa incompleta e na recarga Vitor Silva foi mais lesto que toda a gente e empurrou o esférico para o fundo das redes. Até ao pito final assitiu-se a uma pressão asfixiante à baliza da NL Family com este coletivo a segurar com unhas e dentes a magra vantagem. 

Masterfoot.pt - Logo