Masterfoot

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter...



Estatísticas

Contador Anual

933 jogos 9038 golos

Globais

21079 jogos 145394 golos 20671 jogadores 372 competições 951 torneios

14ªSMV

80 jogos 658 golos 39 jogadores 4 torneios

Grupo A

20 jogos 159 golos 39 jogadores

Biqueiras de Aço vs Ibizas

57747_logo_biqueiras_d_aco VS Os-ibizas-logo

Detalhes do jogo

Competição: 14ª SuperLiga MasterFoot Veteranos
Torneio: Grupo A
Jornada: 3ª Jornada
Data: 2017-05-19
Hora: 21:15
Local: AirFut 1

Resultado

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Marcadores
Rebelo 12"
Rebelo 20"
Rebelo 24"
João Paulo Brito 30"
Ermido "Lela" Rei 40"
João Paulo Brito 45"
 
 
 
 
convidado 26"
Pedro Fonte 33"
Hugo Moita 46"
 

Reportagem

Era a vez dos Ibizas e Biqueiras D'Aço medirem forças num duelo muito aguardado, isto porque, os Ibizas foram a única equipa que conseguiu retirar pontos aos Biqueiras no campeonato transacto. A turma amarela certamente queria reeditar o jogo da "época passada". Os Biqueiras, sem suplentes para rodar nesta partida tinham em João P. Brito e Rebelo os jogadores mais perigosos e que podiam causar maior perigo à baliza de Sobrosa.

Quem entrou melhor no encontra foram os Ibizas, que conseguiam criar muito perigo sempre que rondavam a área de Kikas, com Vitor Magalhães a funcionar como referência na área ofensiva. Os Biqueiras tinham mais bola, mas sempre que os Ibizas recuperavam-na causavam grandes calafrios à defesa dos Biqueiras. Ao minuto 6, o canhoto Lela dos Biqueiras, vai rematar forte e cruzado para Sobrosa esticar-se e defender o remate do camisa 4. Na resposta, Tiago Neves a surgir rapidíssimo pela esquerda e com a hipótese de colocar a sua equipa a vencer. Aos 8 minutos, Hugo Moita vai cruzar com a força certa para Vitor de "bicicleta" em grande estilo atirar para defesa in extremis de Kikas. Só aos 13 minutos, surgiu o primeiro golo e para os Biqueiras. Eles que nestes últimos minutos aumentavam o ritmo e conseguiam dilatar o marcador após um cruzamento milimétrico de João Paulo Brito para Rebelo finalizar com a bola a desviar num defesa dos Ibizas e a trair por completo o guarda-redes Bruno Sobrosa. Os Biqueiras galvanizavam-se bastante após este golo e controlavam os ritmos de jogo com a posse de bola sempre consigo, no entanto, era inconsequente e muitas vezes resultava em contragolpes rapidíssimos dos homens capitaneados por Francisco Ryder. Ao minuto 20, o camisa 7 dos Ibizas Gera vai rematar com grande perigo, com a bola a "beijar" o poste. Em cima do apito para o intervalo, um golo muito importante para os homens dos Biqueiras. Fantástica triangulação entre Albasini, João P. Brito e Rebelo - com o coletivo a fazer-se valer e a terminar com o golo de Rebelo.

No segundo tempo, adivinhava-se uma resposta da sempre muito aguerrida e personalizada equipa dos Ibizas e foi isso que aconteceu logo no primeiro minuto. A realizar um excelente jogo até então, o veloz Tiago Neves vai finalizar aproveitando um passe de morte de Tito. Grande reacção dos Ibizas. No entanto, as individualidades dos Biqueiras faziam-se sentir ao minuto 6, quando João P. Brito vai enviar um tiro ao poste e a entrar sem hipóteses nenhumas para Sobrosa defender, fantástico golo. Mas como, foi referido anteriormente, a formação dos Ibizas não dá nenhum jogo por perdido e logo após sofrer o golo vai responder no minuto seguinte com Gonçalo Cardoso e rematar em direcção à baliza de Kikas e Fonte na frente do guardião desvia subtilmente para o fundo da baliza. Temos jogo até ao final. Os Ibizas acentuavam o volume e a intensidade do seu jogo e estavam por cima até ao minuto 15, quando mais uma vez, os Biqueiras contra a corrente do jogo vão dilatar o marcador para 2 golos de diferença: Lela autor do golo, assistido por Rebelo. Na resposta, Hugo Moita aparece bem colocado para cabecear mas a enviar a bola por cima da barra. Ao minuto 20, um contra-ataque letal dos Biqueiras conduzido por João P. Brito que tabela com Rebelo e finaliza numa jogada de entendimento perfeito com Rebelo e João P. Brito. Os Ibizas reduziam para 7-3, numa jogada em que gera assiste Hugo Moita ao 2º poste e este a finalizar certeiramente para o fundo das redes. Em cima do apito final, Hugo Moita voltaria a evidenciar-se num remate ao poste. Grande final de partida por parte dos Ibizas.

Quando as individualidades surgem da parte dos Biqueiras dificilmente as equipas conseguem anular. João Paulo Brito e Rebelo estavam em dia sim e foi o suficiente para levar de vencida a turma dos Ibizas. Ryder e companhia que realizaram um jogo estupendo, sempre muito concentrados defensivamente e muito rápidos e objectivos nos contra-ataques, mereciam mais neste jogo. Destaque para Hugo Moita e Tiago Neves neste partida, dos Ibizas.

Masterfoot.pt - Logo